Menu
  PR Newswire

Ver todos os locais

CBAt

Erica Sena

Reside no Equador com seu marido, mas tem muito orgulho de defender o Brasil, onde nasceu e morou até os 26 anos.

Rugby

Dummy

Movimento de simulação de um passe falso; espécie de drible.

Família Jaoude, a mais tradicional da luta brasileira!

Família da luta
Renato Sette/CBLA
Lutas
Por Redação    4 anos, 2 meses atrás

Os irmãos Antoine e Adrian fazem parte da seleção brasileira há mais de uma década e são esperanças do Brasil para 2016.


A luta olímpica ainda não é um esporte tão tradicional no país. Em termos de Campeonatos Mundiais, o principal resultado foi obtido em 2014, com a prata de Aline Silva. Entre os homens, a medalha jamais veio. Porém, dois irmãos se destacam e são os principais nomes da modalidade no país.

Antoine e Adrian Jaoude fazem parte da seleção brasileira há mais de uma década. Antoine, o mais velho, esteve nas Olimpíadas de 2004 e conquistou a prata nos Jogos Pan-Americanos de 2003. Adrian, o mais novo, ainda não tem as mesmas glórias, mas segue participando das grandes competições. Esteve no Mundial deste ano, mas acabou não passando da primeira luta.

A história de Antoine, atleta de 37 anos, ainda não acabou. Ele segue com o objetivo de disputar as Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro. Descendente de libanês, o atleta já trabalhou como guia de turismo, fala seis línguas e, caso não fosse lutador, já disse que adoraria ser diplomata.

Juntos, os irmãos têm 34 títulos brasileiros no currículo, 20 com Antoine e 14 com Adrian. O sonho agora é disputarem, juntos, as Olimpíadas de 2016. Vale ficar na torcida. Eles merecem por toda luta!

Você acompanha a luta? Vai torcer em 2016 por eles? Compartilhe com a gente!

Compartilhe
  Veja mais
Um portal inspirado nas histórias dos
nossos atletas e do torcedor brasileiro.